Configurations Error(!)
Configurations Error(!)
Configurations Error(!)
Payday loans
Quinta, Outubro 18, 2018
   
Text Size
Entrar

Eventos

Universo dos Surdos nos palcos de São Paulo

Espetáculo sobre universo dos surdos tem estreia gratuita em São Paulo

Grupo Quase9 dirigido pela coreógrafa Mariana Muniz explora linguagem de sinais e movimentos corporais no Centro Cultural São Paulo


A união da Linguagem Brasileira de Sinais (LIBRAS) e movimentos da dança contemporânea é o mote do novo espetáculo dirigido pela coreógrafa e bailarina, Mariana Muniz (indicada ao Prêmio Shell 2009) e encenado pelo grupo Quase9 Teatro, que estréia no próximo dia 18, em São Paulo, no Centro Cultural São Paulo. Para a concepção do espetáculo - Encontro de Dois - o grupo realizou uma intensa convivência com a comunidade surda a fim de aproximar o teatro desta língua complexa e assim explorar a potência gestual em cena. A proposta inovadora dá continuidade ao trabalho de pesquisa sobre teatro físico, desenvolvida pelo grupo desde sua formação na Unicamp, em 2008.

O resultado é um espetáculo de teatro e dança que pode ser compreendido por ouvintes e não ouvintes. A junção de cenas coreografadas apresenta uma rica mistura do universo dos surdos com gestos do cotidiano que prioriza o olhar, a poesia contida no silêncio e o corpo como principal elemento cênico.

O nome do espetáculo é também título do poema de Jacob Levy Moreno que inspirou uma das cenas da peça e se encaixou perfeitamente a proposta do grupo. “Encontro de Dois também sugere a idéia da aproximação entre dois universos: o dos surdos e dos ouvintes”, ressalta a diretora Mariana Muniz.

A estreia gratuita em São Paulo dá início à turnê da peça contemplada pelo Programa de Ação Cultural do Governo Estado de São Paulo (PROAC) que irá percorrer cidades do interior do estado.

O espetáculo Encontro de Dois pode ser conferido no Centro Cultural São Paulo, R. Vergueiro, nº 1000 - sala Jardel Filho nos dias: 18, 19, 20 e 21 de março, qui – Sáb, 21h; dom, 20h (tel. 3397-4002) e na Galeria Olido - Sala Paissandu – Av. São João, 473 – Centro - nos dias: 25, 26, 27 e 28 de março. Qui – Sáb, 20h; Dom, 19h. (tel.3331-8399). Classificação 14 anos – duração 50min


FICHA TÉCNICA:


Direção: Mariana Muniz

Assistência de Direção: Murilo de Paula

Criadores e Intérpretes: Carol Vidotti, Deborah Andrade, Emilene Gutierrez, Fernando Dourado, Lúcia Kakazu, Leonardo Costa e Patrick Amstalden

Preparação Corporal: Mariana Muniz

Treinamento de Dança e Pilates: Larissa Ballarotti

Coreografias: Quase9 Teatro

Assessoria em LIBRAS: Carlos Avelino Arruda e Mirian Caxilé

Música Original: Ricardo Severo

Iluminação: Ricardo Bueno

Assistência de Iluminação: Ariel Santos

Consultoria em Figurino: Tânia Marcondes

Figurinos: Quase9 Teatro

Operação de Luz: Alexandre Cristovam

Operação de Som: Paula Zaneti

Fotos: Lucas Ogasawara

Desing Gráfico: Lucas Ogasawara

Produção Executiva: Suellen Leal e Quase9 Teatro

Direção de Produção: Suellen Leal

Histórico do Grupo

A Cia Quase9 Teatro - formada por sete atores graduados no curso de ArtesCênicas da Unicamp - surgiu do interesse comum em pesquisar as potencialidades da comunicação corporal. Em 2008 o grupo viajou para a Bolívia onde realizou pesquisas na Internacional School of Phisical Theater and Experimental Dance – KIM (Kosmos in Movement). Deste retiro, surgiu a metodologia e a disciplina de trabalho da Cia. e a parceria com o diretor artístico da KIM, o chileno Elias Cohen que conduziu o primeiro espetáculo do grupo Lilá ou O Jogo de Deus. Em 2009 o projeto Palavras no Silêncio foi contemplado pelo PROAC e resultou no espetáculo Encontro de Dois

   

Universo dos Surdos nos palcos de São Paulo

Espetáculo sobre universo dos surdos tem estreia gratuita em São Paulo

Grupo Quase9 dirigido pela coreógrafa Mariana Muniz explora linguagem de sinais e movimentos corporais no Centro Cultural São Paulo


A união da Linguagem Brasileira de Sinais (LIBRAS) e movimentos da dança contemporânea é o mote do novo espetáculo dirigido pela coreógrafa e bailarina, Mariana Muniz (indicada ao Prêmio Shell 2009) e encenado pelo grupo Quase9 Teatro, que estréia no próximo dia 18, em São Paulo, no Centro Cultural São Paulo. Para a concepção do espetáculo - Encontro de Dois - o grupo realizou uma intensa convivência com a comunidade surda a fim de aproximar o teatro desta língua complexa e assim explorar a potência gestual em cena. A proposta inovadora dá continuidade ao trabalho de pesquisa sobre teatro físico, desenvolvida pelo grupo desde sua formação na Unicamp, em 2008.

O resultado é um espetáculo de teatro e dança que pode ser compreendido por ouvintes e não ouvintes. A junção de cenas coreografadas apresenta uma rica mistura do universo dos surdos com gestos do cotidiano que prioriza o olhar, a poesia contida no silêncio e o corpo como principal elemento cênico.

O nome do espetáculo é também título do poema de Jacob Levy Moreno que inspirou uma das cenas da peça e se encaixou perfeitamente a proposta do grupo. “Encontro de Dois também sugere a idéia da aproximação entre dois universos: o dos surdos e dos ouvintes”, ressalta a diretora Mariana Muniz.

A estreia gratuita em São Paulo dá início à turnê da peça contemplada pelo Programa de Ação Cultural do Governo Estado de São Paulo (PROAC) que irá percorrer cidades do interior do estado.

O espetáculo Encontro de Dois pode ser conferido no Centro Cultural São Paulo, R. Vergueiro, nº 1000 - sala Jardel Filho nos dias: 18, 19, 20 e 21 de março, qui – Sáb, 21h; dom, 20h (tel. 3397-4002) e na Galeria Olido - Sala Paissandu – Av. São João, 473 – Centro - nos dias: 25, 26, 27 e 28 de março. Qui – Sáb, 20h; Dom, 19h. (tel.3331-8399). Classificação 14 anos – duração 50min


FICHA TÉCNICA:


Direção: Mariana Muniz

Assistência de Direção: Murilo de Paula

Criadores e Intérpretes: Carol Vidotti, Deborah Andrade, Emilene Gutierrez, Fernando Dourado, Lúcia Kakazu, Leonardo Costa e Patrick Amstalden

Preparação Corporal: Mariana Muniz

Treinamento de Dança e Pilates: Larissa Ballarotti

Coreografias: Quase9 Teatro

Assessoria em LIBRAS: Carlos Avelino Arruda e Mirian Caxilé

Música Original: Ricardo Severo

Iluminação: Ricardo Bueno

Assistência de Iluminação: Ariel Santos

Consultoria em Figurino: Tânia Marcondes

Figurinos: Quase9 Teatro

Operação de Luz: Alexandre Cristovam

Operação de Som: Paula Zaneti

Fotos: Lucas Ogasawara

Desing Gráfico: Lucas Ogasawara

Produção Executiva: Suellen Leal e Quase9 Teatro

Direção de Produção: Suellen Leal

Histórico do Grupo

A Cia Quase9 Teatro - formada por sete atores graduados no curso de ArtesCênicas da Unicamp - surgiu do interesse comum em pesquisar as potencialidades da comunicação corporal. Em 2008 o grupo viajou para a Bolívia onde realizou pesquisas na Internacional School of Phisical Theater and Experimental Dance – KIM (Kosmos in Movement). Deste retiro, surgiu a metodologia e a disciplina de trabalho da Cia. e a parceria com o diretor artístico da KIM, o chileno Elias Cohen que conduziu o primeiro espetáculo do grupo Lilá ou O Jogo de Deus. Em 2009 o projeto Palavras no Silêncio foi contemplado pelo PROAC e resultou no espetáculo Encontro de Dois

   

Universo dos Surdos nos palcos de São Paulo

Espetáculo sobre universo dos surdos tem estreia gratuita em São Paulo

Grupo Quase9 dirigido pela coreógrafa Mariana Muniz explora linguagem de sinais e movimentos corporais no Centro Cultural São Paulo


A união da Linguagem Brasileira de Sinais (LIBRAS) e movimentos da dança contemporânea é o mote do novo espetáculo dirigido pela coreógrafa e bailarina, Mariana Muniz (indicada ao Prêmio Shell 2009) e encenado pelo grupo Quase9 Teatro, que estréia no próximo dia 18, em São Paulo, no Centro Cultural São Paulo. Para a concepção do espetáculo - Encontro de Dois - o grupo realizou uma intensa convivência com a comunidade surda a fim de aproximar o teatro desta língua complexa e assim explorar a potência gestual em cena. A proposta inovadora dá continuidade ao trabalho de pesquisa sobre teatro físico, desenvolvida pelo grupo desde sua formação na Unicamp, em 2008.

O resultado é um espetáculo de teatro e dança que pode ser compreendido por ouvintes e não ouvintes. A junção de cenas coreografadas apresenta uma rica mistura do universo dos surdos com gestos do cotidiano que prioriza o olhar, a poesia contida no silêncio e o corpo como principal elemento cênico.

O nome do espetáculo é também título do poema de Jacob Levy Moreno que inspirou uma das cenas da peça e se encaixou perfeitamente a proposta do grupo. “Encontro de Dois também sugere a idéia da aproximação entre dois universos: o dos surdos e dos ouvintes”, ressalta a diretora Mariana Muniz.

A estreia gratuita em São Paulo dá início à turnê da peça contemplada pelo Programa de Ação Cultural do Governo Estado de São Paulo (PROAC) que irá percorrer cidades do interior do estado.

O espetáculo Encontro de Dois pode ser conferido no Centro Cultural São Paulo, R. Vergueiro, nº 1000 - sala Jardel Filho nos dias: 18, 19, 20 e 21 de março, qui – Sáb, 21h; dom, 20h (tel. 3397-4002) e na Galeria Olido - Sala Paissandu – Av. São João, 473 – Centro - nos dias: 25, 26, 27 e 28 de março. Qui – Sáb, 20h; Dom, 19h. (tel.3331-8399). Classificação 14 anos – duração 50min


FICHA TÉCNICA:


Direção: Mariana Muniz

Assistência de Direção: Murilo de Paula

Criadores e Intérpretes: Carol Vidotti, Deborah Andrade, Emilene Gutierrez, Fernando Dourado, Lúcia Kakazu, Leonardo Costa e Patrick Amstalden

Preparação Corporal: Mariana Muniz

Treinamento de Dança e Pilates: Larissa Ballarotti

Coreografias: Quase9 Teatro

Assessoria em LIBRAS: Carlos Avelino Arruda e Mirian Caxilé

Música Original: Ricardo Severo

Iluminação: Ricardo Bueno

Assistência de Iluminação: Ariel Santos

Consultoria em Figurino: Tânia Marcondes

Figurinos: Quase9 Teatro

Operação de Luz: Alexandre Cristovam

Operação de Som: Paula Zaneti

Fotos: Lucas Ogasawara

Desing Gráfico: Lucas Ogasawara

Produção Executiva: Suellen Leal e Quase9 Teatro

Direção de Produção: Suellen Leal

Histórico do Grupo

A Cia Quase9 Teatro - formada por sete atores graduados no curso de ArtesCênicas da Unicamp - surgiu do interesse comum em pesquisar as potencialidades da comunicação corporal. Em 2008 o grupo viajou para a Bolívia onde realizou pesquisas na Internacional School of Phisical Theater and Experimental Dance – KIM (Kosmos in Movement). Deste retiro, surgiu a metodologia e a disciplina de trabalho da Cia. e a parceria com o diretor artístico da KIM, o chileno Elias Cohen que conduziu o primeiro espetáculo do grupo Lilá ou O Jogo de Deus. Em 2009 o projeto Palavras no Silêncio foi contemplado pelo PROAC e resultou no espetáculo Encontro de Dois

   

Página 10 de 10

Portal do Surdo no Facebook

Login Form

hotmail sign up gmail login
?>